Notícias

Feimafe 2011 bate todos os recordes, diz a Reed

A Reed Exhibitions divulgou, na última sexta-feira, balanço das feiras Feimafe e Qualidade, realizadas de 23 a 28 de maio no Anhembi. Segundo o balanço, o número de visitantes foi de 71.800, sendo 1345 do exterior, de 51 países. Na feira, estiveram presentes 1341 marcas do Brasil e do Exterior, originários da Alemanha, Argentina, China, Espanha, Estados Unidos, Índia, Itália, França, Taiwan e Turquia.

A nota divulgada pelo site usinagem-brasil na semana passada (Feimafe 2011: menos visitantes, mais negócios) mereceu um contato da assessoria da Reed. Segundo a assessoria, a impressão manifestada por alguns expositores de queda no número de visitas é resultado de uma melhor organização e distribuição dos estandes e corredores no Anhembi, incluindo a nova área de alimentação.

Ainda segundo o balanço foi realizada pesquisa junto aos expositores e 95% se declararam “satisfeitos” e “muito satisfeitos” com o nível do público no Anhembi “altamente qualificado e que veio em surpreendente número conhecer nossos produtos, se relacionar e até fechar bons negócios”.

Quanto ao volume de negócios, o balanço informa: “depoimentos feitos por grandes, médios e pequenos expositores traduziram o alto nível de otimismo que reinou nas duas feiras, alguns fechando negócios que ultrapassaram a R$ 6 milhões e estimando que os contatos realizados durante as feiras poderão, no médio prazo, até triplicar o volume de vendas realizadas. Outros afirmaram que os negócios concluídos nas feiras representam de dois ou até três meses de faturamento de suas empresas”.

É citado ainda que a Agência de Fomento Paulista - Nossa Caixa Desenvolvimento, durante os eventos, emitiu 13 cartas de crédito, totalizando R$ 13,7 milhões, para atender pedidos de financiamento principalmente para pequenos e médios industriais da Região Metropolitana de São Paulo e de alguns municípios do interior paulista, para compra de máquinas e equipamentos. O outro banco presente - o Bradesco - não revelou os números de pedidos.

Publicado por: Site: USINAGEM BRASIL , em: 06/06/2011



Notícias anteriores

» Frota de veículos crescerá 140% em 20 anos, prevê Anfavea [ 10/11/2014 ]
09/11/2014) - A frota brasileira de veículos deve crescer 140% nos próximos 20 anos e alcançar 95,2 milhões de carros. A projeção foi divulgada pela Anfavea - Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores no último dia 6. Com a projeção, a entidade espera que a média de habitante por veículo saia dos atuais 5,1 e chegue a 2,4. A cidade de São Paulo já superou essa meta e hoje possui 1,5 habitante por carro. “Uma das maiores riquezas do Brasil é o seu mercado interno. Somos um País com dimensões continentais e com uma população que cresce tanto em número quanto em renda. Não tenho dúvidas de que estes são alguns dados que chamam a atenção de grandes empresas, que atraem tantos investimentos para o Brasil e que nos dão a certeza de que o futuro é promissor”, comenta o presidente da entidade, Luiz Moan Tabiku Júnior. Uma das premissas do estudo "2034 – Uma Visão do Futuro” é a de que a população brasileira vai saltar dos atuais 201 milhões de habitantes para 226 milhões em 2034, um crescimento médio de 0,5% ao ano. Em paralelo, ao considerar um aumento médio de 3% ao ano, o PIB brasileiro passará de US 2,243 trilhões em 2013 para US$ 4,036 trilhões em 2034. Tais indicadores resultam em uma elevação do PIB per capita de US$ 11,2 mil em 2013 para US$ 17,9 mil em 2034. Continue lendo...

» Kyocera: fresa de alto avanço tem controle de vibração [ 11/09/2014 ]
(07/09/2014) - Entre as novidades mais recentes da Kyocera está a fresa de alto avanço MFH-Raptor. Um dos destaques da ferramenta é o controle de vibração, obtido com o exclusivo design helicoidal de aresta convexa. De acordo com a Kyocera, a MFH-Raptor oferece excelente resistência à vibração e alta estabilidade, mesmo usinando com taxas de avanço fz= 2 mm. Multifunção, pode ser utilizada em várias aplicações, como rampa, helicoidal, vertical e desbaste de cavidades. A ferramenta conta com inserto positivo econômico de quatro arestas, revestido com a nova tecnologia de cobertura Megacoat Nano. Recém-lançada pela Kyocera, a Megacoat Nano tem estrutura multicamadas e previne o desgaste e a craterização da pastilha. De alta dureza (35 GPa), também oferece maior resistência à oxidação, classe resistente à altas temperaturas, permitindo elevada velocidade de corte. Continue lendo...

» Produção de veículos sobe pelo 2º mês consecutivo [ 11/09/2014 ]
(07/09/2014) - Pelo segundo mês consecutivo, a produção de veículos registrou alta no mês passado, de acordo com dados divulgados pela Anfavea. Após crescer 17% em julho, a produção cresceu 5,3% em agosto, atingindo 265,9 mil unidades. Porém, no comparativo com agosto de 2013, quando foram fabricados 342,8 mil produtos, a queda é de 22,4%. No acumulado do ano a retração é de 18%: 2,08 milhões em 2014 contra 2,54 milhões em 2013. Para Luiz Moan, presidente da Anfavea, o resultado de agosto foi menor que a expectativa. “Os recentes acontecimentos e discussões no âmbito político geraram um ambiente conturbado, com impactos na confiança dos empresários e dos consumidores e, consequentemente, na redução do fluxo nas concessionárias. Além disso, as medidas de aumento da liquidez no mercado começaram a surtir efeito apenas na última semana”, analisou. As exportações de autoveículos fecharam agosto com 31,7 mil unidades, baixa de 7,5% frente as 34,2 mil de julho e de 50,6% em relação a agosto do ano passado. No acumulado do ano, 235,4 mil produtos saíram do País, o que significa retração de 38,1% contra as 380,5 mil de 2013. Caminhões e ônibus - A produção de caminhões registra retração de 22,7% no acumulado do ano, com 100,3 mil unidades em 2014 ante 129,7 mil do ano anterior. Em agosto quase 12 mil unidades deixaram as linhas de montagem, queda de 2,9% frente as 12,3 mil de julho e de 35% com relação as 18,4 mil de agosto de 2013. Quanto às vendas externas, em agosto foram exportados 1,5 mil caminhões, com aumento de 19,6% frente as 1,2 mil de julho e baixa de 49,6% contra as 3 mil do oitavo mês de 2013. De janeiro a agosto as exportações estão 26,3% inferiores: foram 12,1 mil em 2014 e 16,4 mil em 2013. O destaque do setor é produção de ônibus que cresceu 44,7% no comparativo de agosto com julho deste ano - 4,1 mil unidades e 2,8 mil. Na análise com agosto do ano passado, quando 3,3 mil unidades foram fabricadas, a alta é de 25,4%. No acumulado do ano, o setor produziu 26,2 mil ônibus, 8,4% abaixo das 28,6 mil do ano passado. Até agosto foram exportados 4,5 mil ônibus, o que significa redução de 23,8% em comparação às 5,9 mil do ano passado. Continue lendo...

Todas as notícias

Flexicorte Página inicial | Empresa | Usinagem | Ferramentas | Notícias | Representantes | Orçamento | Trabalhe Conosco | Contato
Flexicorte - Todos os direitos reservados ®
AP1! Comunicação